Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Um profundo contraste  |  Pastor Sérgio Fernandes

Mateus 5:3 - ¶ Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

Uma das características do sermão da montanha é o método de linguagem utilizado pelo Senhor Jesus. Boa parte dessa instrução foi feita através de contrastes, por exemplo: "ouvistes o que foi dito, eu porém vos digo". Em outros trechos, o contraste era apresentado quando Jesus desafiava os valores que já estavam solidificados na sociedade, quando, por exemplo, Ele afirmou: "não ajunteis tesouros na terra". É visível nesse sermão que o acesso ao Reino exige uma renúncia total aos valores estabelecidos e uma assimilação íntima da verdade revelada na Sagrada Escritura.

A primeira bem-aventurança traz um desafiador contraste para aqueles que desejam seguir o bom Nazareno. Segundo Ele, são felizes os "pobres de espírito", porque dos tais é o reino dos céus (Mt 5.3). Considerar a pobreza uma fonte de felicidade é uma loucura para uma pessoa do século XXI, e não era diferente para um homem judeu do primeiro século. Um judeu compreendia a pobreza sobre dois aspectos: o primeiro e imediato era o socioeconômico, mas também se referia a um estado que exigia a total dependência de uma outra pessoa. É provável que Jesus tinha essas duas aplicações em mente quando ministrava. Os primeiros discípulos, embora fossem realmente pobres, estavam sendo enriquecidos por participarem da promessa divina de salvação. E, compreendendo a insondável profundidade da graça de Deus, deveriam reconhecer sua insuficiência pessoal, mergulhando fundo no amor do Pai Celestial que Jesus lhes apresentava.

---------------------------------------------

Assista essa mensagem pregada!

https://www.youtube.com/watch?v=we2FgMI8leE

-------------------------------------------------

CONHEÇA MEU NOVO PROJETO, "PAIXÃO PELA PALAVRA"

http://on.fb.me/21sNB7k

-------------------------------------------------