Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Vida De Arrependido  |  Pr. Olavo Feijó

Apocalipse 2:5 - Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.

Quando a Bíblia diagnostica nossa enfermidade espiritual, imediatamente ela nos encoraja a seguir o tratamento de cura: arrependimento e mudança de comportamento. “Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do lugar dele” (Apocalipse 2:15).

A simples descrição de uma doença não consegue, por si só, produzir a cura. E é por isso que os pregadores bíblicos, desde os primeiros profetas até Jesus, nunca se limitaram em denunciar nossos pecados. Após repreender aos membros da Igreja de Éfeso, por terem “abandonado o seu primeiro amor”, o Senhor não parou por aí. Foi mais adiante e prescreveu o tratamento: arrependimento e comportamento. Teimosia em permanecer na vida enferma produz resultados incuráveis: “tirarei o seu candelabro do lugar dele”.

Jesus foi sempre claro e positivo quanto à saúde espiritual dos Seus discípulos: “Eu vim para que tenham vida e a tenham plenamente (João 10:10). Este, então, é o objetivo do arrependimento – abandonar a conduta da vida espiritual doente e assumir o Seu senhorio, que sempre produz qualidade de vida. A coisa mais saudável que podemos fazer é, conscientemente, descobrir nossos furos e desobediências e entrega-los a Jesus (arrependimento). Para, em seguida, “dar o fruto que mostre o arrependimento” (Mateus 3:8).