Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Justificados e Glorificados  |  Pastor Sérgio Fernandes

Romanos 8:30 - E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.

Deus está fazendo tudo para salvar os que Ele escolheu e Ele eficazmente os chamará. Isso de modo algum exclui a liberdade humana. O ser humano é um agente moral responsável por suas decisões. Seja antes da conversão (uma liberdade escrava do pecado e do diabo, Jo 8.34,44) ou depois (a liberdade em Cristo, capaz de decidir entre o certo e o errado, Gl 5.1), cada ação nossa é importante e relevante para esse "plano de Deus", mas o Pai Celestial preservou para si o mistério de como isso funciona e de que modo a Soberania de Deus rege agentes morais livres. O que importa é que, no seu eterno decreto, o Pai Celestial garantiu que aqueles que foram chamados sejam justificados e glorificados (vv.30).

Duas observações são importantes nesse texto: a primeira, todo aquele que Deus chamou foi justificado. A segunda observação é essa: entre a justificação e a glorificação (o momento em que receberemos um corpo de glória), há uma longa jornada, que parece ter sido omitida pelo apóstolo. Por que Paulo não mencionou nada a respeito desse intervalo, como por exemplo a santificação? Há duas possibilidades, e não excluo a hipótese de ambas serem verdadeiras. A primeira é que a santificação é a glória iniciada: ao mencionar a expressão "glorificação" ele poderia ter em mente todo esse processo divino que nos tornará semelhantes a Cristo, pois a glorificação é a santificação concluída. A segunda possibilidade é a de que a confiança do apóstolo na soberania de Deus era tão grande que, para Ele, não restava dúvida que Deus concluiria o seu trabalho em nós. Apesar da flutuação de nossa fé e das nossas constantes quedas, "tudo cooperará para o bem daqueles que amam a Deus" e "aquele que em vós começou boa obra não vai parar, até o Dia de Cristo". Embora eu me veja constantemente como um homem frágil e passível de muitos erros, o Senhor já nos vê santos e irrepreensíveis diante de Sua presença (1 Ts 5.23), por Cristo Jesus nosso Senhor.

----------------------------------

CONECTE-SE COM MEU MINISTÉRIO:

YOUTUBE: http://bit.ly/1KQHdhI

FACEBOOK: http://on.fb.me/1GuAjdg

INSTAGRAM: @pastorserginho

PERISCOPE: pastor_sergio

TWITTER: @pastor_sergio

----------------------------------