Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Eu Farei Faraó Resistir  |  Pr. Olavo Feijó

Êxodo 7:3 - Eu, porém, endurecerei o coração de Faraó, e multiplicarei na terra do Egito os meus sinais e as minhas maravilhas.

Após convocar Moisés e Arão para enfrentar o rei do Egito, Jeová acrescenta um detalhe surpreendente: “Eu, porém, farei o coração do faraó resistir...” (Êxodo 7:3).

Se o Senhor já havia planejado a reação negativa do faraó à proposta de libertação dos hebreus escravizados, um questionamento da parte de Moisés não deveria ser considerado justo? Já que o Senhor, antecipadamente, endurecera o coração do faraó, por que gastar à toa as energias físicas e espirituais do servo Moisés: a missão dada a Moisés fora para valer? Se, no final de todo o processo, o faraó iria entregar os pontos diante da morte do seu herdeiro, não teria sido mais econômico já começar a negociação logo eliminando seu filho primogênito?

Não vejo muita diferença entre os argumentos do grande líder e legislador e os questionamentos que, de vez em quando, eu mesmo faço. Certamente há uma razão para a Bíblia nos revelar seus heróis sempre de corpo inteiro, com belezas e feiuras. Alguém dirá que a grande exceção foi Enoque. Na narrativa repetitiva dos descendentes de Adão, o resumo biográfico de Enoque o descreve como quem andou com Deus e foi arrebatado. Só que não se pode chamar de detalhada e completa uma vida descrita com apenas catorze palavras... Por isso, nosso registro biográfico, que é mais longo que o do “santo” patriarca, apresenta tantas falhas e incompreensões do nosso relacionamento com o Senhor, quantas aquelas que desafiaram Moisés. Na impressionante galeria dos heróis da fé, descrita pela Carta aos Hebreus, existe lugar para nós outros, que não fomos arrebatados. É pela providência soberana de Deus que, apesar de sermos tão falhos quanto Sansão e Davi, temos lugar garantido nas moradas do Pai!