Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Como Desviar Das Armadilhas  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 25:15 - ¶ Os meus olhos estão continuamente no SENHOR, pois ele tirará os meus pés da rede.

Nós cristãos que vivemos neste mundo de maldade, somos um campo de batalha no qual a vitória final de Deus é anunciada. Foi neste ambiente espiritual que Davi exclamou: “Os meus olhos estão sempre voltados para o Senhor, pois só Ele tira os meus pés da armadilha” (Salmo 25:15).

Dizer que sofremos muito aqui na Terra é um “chover no molhado” – não é e nunca foi novidade para ninguém. O que nunca deixa de causar estranheza é ainda encontrar, após séculos de ação do Jesus ressuscitado, cristãos que continuam a ficar escandalizados com as provações que os agridem. São crentes que, logo depois de ouvirem Jesus garantir que terão “tribulações” (João 16:33), acham perfeitamente lógico “passar um pito” no Senhor, no vero momento que a aflição prometida acontece! Existirá alguma saída para esta armadilha de contradições? O rei Davi disse que sim.

O salmista descreve dois focos de realidade espiritual: o primeiro é o foco das armadilhas, relacionadas com as nossas tribulações. O segundo foco é aquele que mantém o nosso contato com Deus Todo-poderoso, o único que nos garante livramento das armadilhas. Davi aprendeu, a duras penas, que manter “os olhos sempre voltados para o Senhor” é a solução divina para a nossa saúde espiritual. E aqui encontramos uma das possíveis explicações para a diferença entre dois discípulos que negaram a Jesus – Judas e Pedro. Porque “Pedro se lembrou da palavra que Jesus havia dito.... por causa da maneira como enfrentou a armadilha em que caíra, recebeu de Jesus a restauração.