Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O Inspirador Da Não-Ajuda  |  Pr. Olavo Feijó

26:3 - Como aconselhaste aquele que não tinha sabedoria, e plenamente fizeste saber a causa, assim como era?

Os amigos de Jó, enquanto permaneceram calados, respeitando a tragédia que caiu sobre o sofrido patriarca, não lhe aprofundaram o sofrimento. Porém, ao ter que ouvir a enxurrada de frases óbvias que nada possuíam de compaixão ou de restauração. Já explodiu ironicamente: “Belo conselho você ofereceu a quem não é sábio. Que grande sabedoria você revelou! (Jó 26:3).

Há membros de igreja que se especializam em jogar textos bíblicos na cara de quem está sofrendo grandes provações. Eles provavelmente acreditam que a frase “ser mais real do que o rei” deve fazer parte da Bíblia... Ao invés de citar mensagens bíblicas de esperança e de fé na graça divina, escolhem limitar-se ao óbvio do diagnóstico do mal, esquecendo-se da declaração de Jesus: “Se alguém ouve as Minhas palavras e não lhes obedecem, Eu n ao o julgo. Pois não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo” (João 12:47).

Que há de errado conosco? Por que será que muitos de nós achamos mais fácil condenar, do que recuperar? A pergunta de Jó ainda hoje deveria nos incomodar: “inspirado por qual espírito você falou?” (verso 4). É importante esquadrinhar as motivações do nosso coração: caso descubramos nossa impossibilidade em ajudar, não seria mais caridoso ficar calados e depender da ajuda amorosa do nosso Deus? Talvez valha a pena recordar que o não atrapalhar já é, em si, uma grande ajuda...