Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Mas... Cristo Ressuscitou!  |  Pr. Olavo Feijó

1 Coríntios 15:17 - E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados.

O debate teológico sobre a ressurreição dos corpos ultrapassa os conceitos beligerantes dos saduceus, dos tempos de Jesus. Para o grande ex fariseu Paulo a afirmação da ressurreição de Jesus, que implica também na ressurreição dos cristãos, é a pedra angular do novo céu e da nova Terra: “Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa fé e ainda permaneceis nos vossos pecados” (I Coríntios 15:16-17).

Todavia, exclama Paulo, Cristo ressuscitou! No decorrer do capítulo 15 de Coríntios, o apóstolo enfoca a questão sob vários ângulos. Um deles inclui o do testemunho histórico de mais de quinhentas pessoas. Na Lei Mosaica, o testemunho de mais de três pessoas já seria suficiente para considerar verdadeira uma declaração. Paulo, porém, vai além do argumento legal, quando apela para a vivência subjetiva daquele que não só aceita a ressurreição mas se submete às implicações existenciais do Jesus que extrapolou Nazaré e penetrou as dimensões da vida eterna, como o ressuscitado Cristo.

Aceitar a ressurreição em Cristo é a grande libertação. É a derrota do medo da morte. É o início da nossa jornada de transcendência que, sistematicamente, contribui para o estabelecimento do Reino de Deus na Terra! Como embaixadores da ressurreição, vivamos no aqui e agora desta caminhada, o júbilo contagiante do Espírito que nos invade e nos sustenta até o novo céu e a nova Terra.