Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Manifesto - Fogo Refinador  |  Pastor Sérgio Fernandes

Malaquias 3:2 - Mas quem suportará o dia da sua vinda? E quem subsistirá, quando ele aparecer? Porque ele será como o fogo do ourives e como o sabão dos lavandeiros.

A chegada futura do Messias era sinal de esperança e também de juízo (Ml 3.2). Não podemos ignorar que as boas novas do evangelho são ao mesmo tempo surpreendentes e preocupantes. Surpreendentes a nós, que acolhemos o amor de Deus em nosso coração, pela fé em Jesus, mas preocupantes para aqueles que se negam a honrar o Criador. Malaquias tem duas perguntas: (1) Quem aguentará o dia em que Ele vier e (2) quem ficará firme quando Ele aparecer? A manifestação do Messias é eminente, e ninguém está apto a passar pelo teste da Sua presença. Esse encontro de Deus com seu povo é inevitável, e quando Ele vier, virá para nos refinar e purificar!

Malaquias observou que Jesus seria como um fogo, para purificar e como um sabão, para lavar. As duas figuras apontam para uma obra executada por alguém. O Messias, como um ourives, usaria o fogo da aflição para purificar o seu povo dos seus pecados. E como um lavandeiro, ele lavaria o seu povo para branqueá-lo (a pureza é simbolizada pelo branco, Is 1.18). O sofrimento, a aflição são meios pelos quais Deus nos liberta das impurezas do nosso caráter. O infiel enfrenta o sofrimento sem propósito, pois esse o leva mais profundamente a infidelidade e descrença. O crente passa pelo sofrimento com propósito, pois esse o leva mais profundamente a um relacionamento pessoal com o Senhor.

-----------------------------------------------

ASSISTA AS PREGAÇÕES DA SÉRIE "MANIFESTO"

http://bit.ly/1Ipla16