Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Manifesto - A aparente prosperidade do ímpio  |  Pastor Sérgio Fernandes

Malaquias 2:17 - Enfadais ao SENHOR com vossas palavras; e ainda dizeis: Em que o enfadamos? Nisto que dizeis: Qualquer que faz o mal passa por bom aos olhos do SENHOR, e desses é que ele se agrada, ou, onde está o Deus do juízo?

Um dos grandes dilemas tratados ao longo das Escrituras é a aparente prosperidade dos ímpios. Esse tema esteve em evidência algumas vezes no Antigo Testamento (Jr 12.1; Hc 1.2-4), não sendo exclusivo de Malaquias.

Devido a uma má compreensão do que é benção e maldição, do que é riqueza e pobreza, do que é providência de Deus e o que não é, o povo de Deus sempre lutou com a realidade de que, aparentemente, a vida do ímpio é melhor que a do justo. O ímpio não faz renúncias, não enfrenta o orgulho e o ego em busca de maturidade espiritual, não enfrenta oposição do mundo e do adversário de nossas almas. Não segue normas éticas ou de pureza sexual. Aos olhos de um cristão superficial, esse ímpio tem liberdade e alegria. O próprio salmista trilhou uma jornada reflexiva, registrada no Salmo 73, até que foi esclarecido a respeito do tema.

Precisamos redescobrir o peso da Palavra do Senhor no que tange a nossa responsabilidade pessoal perante o Criador. Somos seres moralmente responsáveis, e seremos julgados segundo nossas obras. Céu e inferno serão os únicos destinos possíveis para cada ser humano da face da terra. Israel ofendeu a santidade de Deus ao acusá-lo de perverter o juízo. Nosso Pai Celestial não tem o culpado por inocente. E ele nos oferece em Cristo o único meio de salvação possível a raça humana. Por isso, o crente fiel não se ocupa em observar ou tentar entender a suposta prosperidade do ímpio, ele se ocupa em consagrar sua vida a Cristo, para que naquele dia que breve virá, ele próprio não seja achado em falta.

-----------------------------------------------

ASSISTA AS PREGAÇÕES DA SÉRIE "MANIFESTO"

http://bit.ly/1Ipla16