Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Por Que Precisamos Diminuir?  |  Pr. Olavo Feijó

João 3:20 - Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.

Jesus não economizou elogios quando descreveu João Batista e sua missão. Ele foi classificado como o maior de todos os profetas. À vista deste contexto de avaliação do valor espiritual do precursor, é de suma importância o ponto de vista do próprio João Batista, no que se refere ao Cristo: “É necessário que Ele cresça e que eu diminua” (João 3:20).

O que Senhor, quando vocacionou o Batista, fez-lhe revelações que foram essenciais para seu ministério de “nivelar o caminho do Senhor”. Por isso, João Batista tinha absoluta certeza de que sua pregação não deveria focalizar sua pessoa, mas a pessoa de Jesus. Fazer menos do que isso seria negar sua missão. Ele tinha tudo para causar um impacto até maior do que o profeta Elias. Ao transferir para Jesus toda a importância da sua pregação, o filho de Zacarias realmente preparou sua geração para receber a mais importante pessoa da história cósmica da criação: o Messias.

A lógica espiritual seguida por João Batista não poderia ser mais realista e funcional, no contexto de um discípulo de Jesus. Ela é completamente contrária à estratégia de Satanás, quando convoca seus ministros, entre os discípulos de Jesus: “Se me adorares, tudo será teu” (Lucas 4:7). Quantos líderes religiosos chegaram à fama e à riqueza, simplesmente fazendo o contrário de João Batista. Quando nós crescemos e Cristo é diminuído, desviamos do caminho do Senhor almas humildes e sinceras. Cristo prometeu punição para aqueles que assim procedem (Lucas 17:1-2).