Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Aguardar, Em Silêncio, A Ajuda  |  Pr. Olavo Feijó

Lamentações 3:26 - Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do SENHOR.

Vivemos em um mundo repleto de ruídos. Ruídos externos, ruídos internos. Ruídos que interferem uns com os outros. Como nós, o profeta Jeremias também foi vítima dos ruídos. Inspirado pelo Senhor, o profeta nos ensinou aquilo que ele aprendeu e lhe fez bem: “O melhor é ter esperança e aguardar, em silêncio, e ajuda do Senhor” (Lamentações 3:26).

Os ruídos externos estão por toda a parte, requerendo cada vez mais nossa atenção. Porque eles nos informaram da fragilidade da nossa economia e dos perigos para nosso orçamento familiar. Porque eles nos mostram os crimes que se multiplicam e a insegurança que nos ameaça. Se temos esperança no poder de Deus e nos esforçamos por sintonizar nossa atenção nas Suas promessas bíblicas, sentimos o envolvimento do silêncio do Seu Espírito. Neste processo de manter nosso foco no silêncio de Deus, a “ajuda do Senhor” começa a trabalhar em nós, sem os ruídos das concorrências.

Os ruídos internos são sutis e também poderosos. São as memórias das nossas quedas. São a vergonha revivida, por causa dos pecados do passado. São as cicatrizes emocionais das injustiças que experimentamos. Quando, no silêncio da oração, entregamos a Deus toda essa carga espiritual, “a ajuda do Senhor” acontece. O profeta Elias pode testemunhar. A ajuda que o Senhor lhe deu não estava no ruído do vento forte, ou do terremoto, ou do fogo intenso. Deus lhe deu ajuda, mas foi no ambiente íntimo “do sussurro calmo e suave” (I Reis 19:12)!