Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Não Sou Digno De Cristo  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 8:8 - E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar.

Um centurião dos romano opressores pediu a Jesus que curasse a enfermidade do seu servo. Quando o Mestre fez menção de ir à casa do suplicante, “respondeu o centurião – Senhor, não mereço receber-te debaixo do meu teto. Mas dize apenas uma palavra e o meu servo será curado” (Mateus 8:8).

O centurião tinha razão: nenhum de nós é digno de receber Jesus. Nossas maldades e pecados constroem a maior barreira espiritual entre nós e o Senhor Jesus Cristo. Todavia, o comandante romano também teve razão quando, mesmo sem merecer, teve a coragem de pedir a ajuda soberana e restauradora do Senhor.

Ao declarar sua fé incondicional em Jesus, o soldado romano nos ensinou que temos o direito de buscar a ação de Cristo em nossa vida, não porque sejamos merecedores, mas porque somos necessitados. A doença que nos desfigura somente pode ser curada pelo poder amorável do nosso Criador. Nossa doença tem o poder de nos matar – Seu poder tem a capacidade de nos garantir a vida. É Paulo quem nos explica: a prova do amor de Deus está em que Cristo morreu por nós quando ainda éramos pecadores! (Romanos 5:8).