Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Palavras Perversas  |  Pr. Olavo Feijó

Provérbios 4:24 - Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios.

O autor do livro de Provérbios nos alerta sobre tremendo impacto que as palavras podem causar: “Afaste da sua boca as palavras perversas; fique longe dos seus lábios a maldade” (Provérbios 4:24).

As palavras são muito mais do que um amontoado de letras e de sons. Elas têm o objetivo de comunicar e receber informações significativas, dentro de comunidades. São as comunidades que decidem sobre o significado das palavras. Por isso, falar bem uma língua é muito mais do que decorar um monte de palavras: falar bem exige conhecer os valores de uma sociedade, os significados que são bons e os que são ruins.

Ao recomendar que nosso lábios não exprimam maldade e perversidade, a Bíblia se refere, evidentemente, aos setores que controlam nossos lábios: nossa mente, nosso coração. Se eu cultivo sentimentos e conceitos espiritualmente saudáveis, o natural será usar meus lábios para expressar coisas boas e construtivas. Moral da história: alimentemos do amor de Cristo nossa mente. Quando cultivamos o amor de Cristo em nosso coração, naturalmente usamos nossos lábios para ajudar e abençoar o próximo. Será o fim das palavras perversas.