Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Experiência Espiritual do Feto  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 1:44 - Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre.

Um anjo aparece à virgem Maria e lhe dá duas notícias incríveis. Primeiro, diz a ela que o Espírito Santo iria gerar nela o próprio Messias, “Filho do Deus Altíssimo”! Em seguida, dá-lhe a informação de que sua parente Isabel, bem idosa, já estava no sexto mês de gravidez. Por isso, ela vai visitar sua parente. Já dentro de casa, Isabel “cheia do Espírito Santo”, disse a Maria: “Quando ouvi você me cumprimentar, a criança ficou alegre dentro da minha barriga” (Lucas 1:44).

A Psicologia Pré-Natal só foi levada a sério e estudada cientificamente no século XX. Pesquisas demonstraram a intensidade de informações que o feto humano assimila. E demonstraram o impacto que a vida emocional dos pais causa sobre os filhos, desde antes do nascimento. Motivada pelo Espírito Santo, Isabel declarou claramente que João, no seu ventre, “ficou alegre” com a visita da mãe de Jesus.

A capacidade de assimilação do feto significa uma enorme responsabilidade espiritual para seu pai e sua mãe. Aquilo que os pais vivenciaram é transmitido diretamente para a criança dentro do ventre. Por isso, não deve ser difícil concluir que a vida espiritual dos pais desempenha um papel essencial no desenvolvimento espiritual dos filhos. Nada mais sábio do que orar pelos próprios filhos, quando ainda em gestação. Pais que amam a Deus transmitem este amor aos seus filhos. Não nos esqueçamos de que a primeira experiência de João Batista com Jesus aconteceu no ventre da mãe Isabel.