Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Nossos Frutos Glorificam  |  Pr. Olavo Feijó

João 15:8 - Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.

O discípulo de Cristo deve dar testemunho usando palavras e, sempre, através de um tipo de comportamento social que confirme o poder divino e amorável do Senhor. Jesus disse isto, da seguinte maneira: “Nisso é glorificado Meu Pai: que deis muito fruto e, assim, sereis Meus discípulos” (João 15:8).

João inicia seu Evangelho revelando que a Palavra, o Logos, é e sempre foi Jesus Cristo. Para o apóstolo do amor, uma das poderosas características da Palavra é o poder de criar: “tudo foi feito por Ele”. Jesus confirma a revelação joanina, quando nos ensinou que , sendo ramos da Videira verdadeira..., temos a obrigação de produzir frutos. Muitos frutos. Porque através dos nossos frutos indicamos aos homens o poder e o amor do Pai, que nos restaurou e nos garante a vida.

Quando levamos a sério a responsabilidade de viver uma conduta semelhante à de Jesus, glorificamos o Pai. Principalmente porque ninguém pode, por conta própria, produzir uma vida espiritualmente saudável. Quem produz em nós a “vida abundante” é o Espírito de Cristo, que aceitamos como nosso Senhor. Daí a simples lógica de Jesus: viver uma vida frutífera, coerente com o Senhor, é uma pregação viva sobre o poder do Cristo. Por isso, nossos frutos glorificam nosso Pai.