Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Alegria Na Casa Do Senhor  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 122:1 - ¶ [cântico dos degraus, de Davi] Alegrei-me quando me disseram: Vamos á casa do SENHOR.

Quando convidado para ir ao Tabernáculo, o salmista exclama: “Alegrei-me quando me disseram: vamos à casa do Senhor” (Salmo 122:1).

Diante de tanta convicção e entusiasmo é natural que perguntemos – será que nossa alegria espiritual se encontra restrita a templos e tabernáculos? Esta pequena comporta uma resposta dividida em dois momentos. O primeiro se refere à definição bíblica de “casa do Senhor”. No tempo do salmista, não havia dúvida: a presença do Divino era limitada ao Tabernáculo – a partir de Salomão, o Tabernáculo foi substituído pelo Templo de Jerusalém.

A partir de Jesus Cristo, porém, fomos ensinados que a comunhão com Deus extrapola qualquer tipo de “lugar sagrado” (João 4:21). Mais ainda, lendo a Carta aos Coríntios descobrimos que, como cristãos, “nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em nós” (I Coríntios 6:19). Este, então, é o segundo momento da nossa resposta: a alegria cristã é iniciada e alimentada pelo Espírito de Cristo, que habita no corpo/templo, que somos nós. A real alegria cristã não é superficial, nem efêmera – ela é profunda e permanente, porque se alimenta do Espírito, que sempre habita em nós.