Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Babel e Pentecostes  |  Pr. Olavo Feijó

Gênesis 11:4 - E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.

Após o dilúvio, ao invés de aprenderem a se submeter às revelações dadas por Deus, os seres humanos resolveram chegar aos céus através de recursos próprios, construindo uma altíssima torre em Babel. Diz a Bíblia: “Aí disseram – agora, vamos construir uma cidade que tenha uma torre que chegue até o céu” (Gênesis 11:4).

Babel é um grande episódio da história das tentativas humanas de chegar até ao céu, sustentadas pelos próprios recursos terrenos. Por mais que as pessoas combatam a realidade divina, mais se multiplicam suas tentativas de transcendência. “Chegar até aos céus” é uma declaração, ainda que imperfeita e imatura, de que precisamos de algo mais. Por isso, porque as religiões construídas pelos homens são imperfeitas e imaturas, elas sempre terminam em confusão, em lugar de comunhão.

Pentecostes é a resposta divina, para aniquilar Babel. Com o sopro do Espírito Santo, a variedade das línguas faladas foi suplantada por todos, a despeito da multiplicidade das línguas. Em Cristo, Babel foi suplantada. Em Cristo, a mensagem do Reino dos Céus é difundida “até os confins da Terra”. Com Cristo, não necessitamos de Babel, porque os céus desceram à terra, para nos receber.