Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Agradecimento e Realismo  |  Pr. Olavo Feijó

Colossenses 3:15 - E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.

Paulo não deve ser visto como um otimista ou como um pessimista. Ao avaliar o tipo de vida que enfrentamos neste mundo, o apóstolo nos ensina realismo – realismo espiritual. Ele escreveu: “E que a paz que Cristo dá dirija vocês em suas decisões, pois foi para esta paz que Deus os chamou, a fim de formarem um só corpo. E sejam agradecidos” (Colossenses 3:15).

Demonstrar agradecimento não é apenas um gesto de boa educação. Tampouco, não é atitude de subserviência. Aquele que agradece revela postura de equilíbrio emocional. Além disso, agradecer indica que o agradecido possui uma perspectiva exata das relações humanas de causa e efeito: como afirmou o apóstolo Paulo, “ninguém vive para si ou morre para si” (Romanos 14:7).

Mais do que bom senso humano, a postura do agradecimento é própria daquele que encontra em Cristo o significado transcendente das relações humanas. Ao revelar que Deus nos chamou, a fim de formarmos um só corpo, o escritor de Colossenses ensina que a providência e a justiça divina garantem a paz em nossa vida pessoal e coletiva. Ser agradecido, então, é indício poderoso do nosso realismo bíblico.