Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Alegria no Senhor  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 32:11 - Alegrai-vos no SENHOR, e regozijai-vos, vós os justos; e cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração.

Há pessoas que se alegram diante da infelicidade alheia. Nessa alegria, para ser saudável, deve fluir de motivos espiritualmente justos. Sobre esta alegria, escreveu o salmista: “Alegrai-vos no Senhor e regozijai-vos, vós os justos. Cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração” (Salmo 32:11).

O invejoso não se alegra com a felicidade dos outros. Ver os outros felizes, para quem sofre de inveja, cria um sentimento de revolta. O problema é tão sério que o salmista, expressando o ensino da providência divina, recomenda que não nos entristeçamos com a prosperidade dos injustos e malfeitores (Salmo 73:23).

Alegrar-se no Senhor implica, necessariamente, compreender e aceitar a bondade misericordiosa com que Ele nos trata. Quando aceitamos, de experiência própria, que “todas as coisas contribuem, conjuntamente, para o bem dos que amam a Deus” (Romanos 8:28), não precisamos nos esforçar para assumir uma postura de regozijo. Não se trata, de realismo e maturidade espiritual. Alegrar-se no Senhor é algo que acontece no íntimo de nós mesmos. Felizmente, esta alegria não depende do mundo ao nosso redor.