Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Pecado E Saúde Integral  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 9:2 - E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.

Antes de curar um paralítico, trazido por seus amigos, Jesus fez uma declaração que gerou problemas entre os religiosos que O rejeitavam. “Então, algumas pessoas trouxeram um paralítico deitado numa cama. Jesus viu que eles tinham fé e disse ao paralítico: Coragem, meu filho! Os seus pecados estão perdoados” (Mateus 9:2).

Na cultura judaica, paralíticos, cegos e leprosos eram tratados como cidadãos de segunda classe. Por serem considerados improdutivos, inúteis, a única opção que lhes restava, para sobreviver, era a de viver de esmolas... e do escárnio público. Pior de tudo: o folclore religiosos ensinava que a doença deformante daqueles indivíduos era a punição pelos pecados que cometiam. O objetivo, então, da fala de Jesus para o paralítico foi o de natureza espiritual: “Meu filho: todo este sofrimento, todo este ódio, toda esta revolta que tem marcado a sua vida, certamente tem encorajado você a se revoltar contra o Deus que lhe permitiu a miséria de vida em que você está preso. O pior de tudo é que os religiosos fisicamente saudáveis o desprezam, escudados na teologia não bíblica de que doença é o castigo para o pecado. Pois bem, meu filho, vamos acabar com tudo isso – você e seus amigos, ao virem a Mim, estão declarando uma grande e desafiadora fé. Estou perdoando seus pecados, não por causa da sua doença... mas por causa da sua fé!”

Pecado é tudo aquilo que nos separa da comunhão com Deus, o Pai. O que nos separa, às vezes, é nossa revolta por causa da enfermidade. Outras vezes, é a vida confortável que levamos. Vezes outras, é o orgulho espiritual que nos leva a confiarem em nossas obras, ao invés de humildemente, depender da graça divina. O que, sempre, nos causa saúde integral é a “vida abundante”, que somente Cristo pode nos conferir.