Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Somos Intercessores, Junto Com O Espírito  |  Pr. Olavo Feijó

Romanos 8:26 - ¶ E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

Escrevendo aos Romanos, Paulo nos revela duas verdades bíblicas. A primeira, nossa experiência pessoal já nos informara. Quanto à segunda, trata de um aspecto essencial da ação de Deus em nossa vida cristã. “Assim também o Espírito de Deus vem nos ajudar na nossa fraqueza. Pois não sabemos como devemos orar – mas o Espírito de Deus vem nos ajudar na nossa fraqueza. Pois não sabemos como devemos orar – mas o Espírito de Deus, com gemidos que não podem ser explicados por palavras, pede a Deus em nosso favor” (Romanos 8:26).

Todo cristão que se esforça em manter comunhão com o Senhor, em oração, concorda plenamente que a qualidade das nossas conversas com Deus precisa amadurecer. Por mais sinceros que sejamos, vez por outra, confundimos o Senhor com Papai Noel e não nos constrangemos em pedir coisas que, depois de algum tempo, nós mesmos reconhecemos como infantis. Por isso, o apóstolo Paulo reiterou: “pois não sabemos como devemos orar”.

A grande novidade do texto, porém, reside em nos comunicar que nem tudo está perdido. O próprio Espírito de Deus corrige nossas posturas imaturas e “pede a Deus em nosso favor”! Interceder por nós é uma atividade tão espiritualmente intensa que a intercessão do Espírito ocorre “com gemidos que não podem ser explicados por palavras”. Neste exato contexto, é obrigatório que perguntemos: com que intensidade espiritual oramos intercessoriamente? Se é que vamos seguir o exemplo do Espírito, nossas intercessões devem nos custar, às vezes, gemidos inexprimíveis! Que o Senhor nos capacite com a empatia intensa que orar pelos outros exige.