Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Reflexões em 1 Coríntios - A ressurreição, fonte de encorajamento  |  Pastor Sérgio Fernandes

1 Coríntios 15:30 - Por que estamos nós também a toda a hora em perigo?

A ressurreição era, sem dúvida, a maior esperança que os cristãos primitivos possuíam. Hoje, os crentes tem como preciosas as promessas que receberam por uma profecia ou por uma pregação de auto-ajuda. Não é a toa que boa parte deles abandonam o caminho do Senhor na primeira tribulação que enfrentam. Os cristãos sempre viveram o presente com entusiasmo e encaravam o futuro com esperança, porque esperavam pela ressurreição. Sabiam que a morte não triunfaria para sempre sobre eles e que um dia estariam unidos com Cristo para sempre.

Foi por causa da ressurreição que Paulo aceitava estar a toda hora em perigo (vv.30). Ele suportava a aflição diariamente, por amor dos irmãos, porque tinha certeza que Cristo triunfaria e que os fiéis ressuscitariam para estar para sempre com Ele (vv.31). Enfrentou, como homem, as feras de Éfeso (não sabemos que literalmente, ou metaforicamente), e fez isso com coragem, pois tinha a promessa como sua firme segurança em Cristo (vv.32). Perder a ressurreição como uma esperança torna a vida uma simples sucessão de fatos, enquanto aguardamos a hora da morte com pesar (vv.32). Mas o Cristão não vive por viver, Ele vive para a glória daquEle que o chamou e lhe prometeu uma união eterna e permanente com Ele.

---------------------------------------------

ASSISTA A PREGAÇÃO: A FESTA NÃO PODE ACABAR

https://www.youtube.com/watch?v=f17y2eWELNY