Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Enganação Ou Vitória?  |  Pr. Olavo Feijó

1 Coríntios 15:57 - Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.

O Inimigo nos bombardeia com seu arsenal de enganações. Por ser “o pai da mentira”, Satanás nos induz a falsas conclusões que, entretanto, nós aceitamos pelo fato de sempre serem apresentadas usando as frases mais batidas do folclore religioso. Uma das falsificações mais correntes é a crendice de que a prática dos rituais da instituição igreja “fecha” nosso corpo, diante do mal. O apóstolo Paulo dedicou boa parte dos seus escritos à tarefa de desmascarar os enganos e engodos: “Mas agradeçamos a Deus, que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo” (I Coríntios 15:57).

Quem ganha batalhas pode perder a guerra. Há, por exemplo, retiradas estratégicas que iludem o inimigo, dando a impressão de que a retirada é a prova da fragilidade do adversário. Satanás vem empregando, há séculos, retiradas estratégicas, levando-nos a acreditar que os seus arremedos de derrota representam derrota real. Reuniões religiosas que lotam os templos, por exemplo, podem significar apenas que o “gospel show” ali oferecido caprichou na sua apresentação. Templos cheios de gente não significa, necessariamente, cheios da pureza do Evangelho...

Por isso, a gratidão de Paulo. A vitória real, genuína, é unicamente aquela conseguida por Cristo. Não fosse pela ressurreição de Cristo, nossa submissão a Satanás, ao pecado e à morte seria definitiva. Porque Cristo venceu Satanás, consequentemente, venceu a morte e nos garantiu a vida. Vitória por Cristo não se reduz a batalhas: ela é a supremacia final, que Cristo nos confere para toda a eternidade.