Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Nossa Tentação De Não Ir  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 11:28 - Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

Um dos convites de Jesus mais citados em pregações e em conversas entre membros de igreja é: “Venham a Mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas e Eu lhes darei descanso” (Mateus 11:28). Neste contexto, a pergunta que, necessariamente, somos obrigados a fazer é: por que cargas d’água a promessa é tão citada e, ao mesmo tempo, tão negligenciada?

A bem da verdade, reconheçamos que pelo mesmo um pedaço da fala de Jesus nós levamos muito a sério – a parte das “pesadas cargas...” Se não acredita, faça o seguinte teste. Em qualquer encontro ou reunião de crentes, experimente compartilhar um dos seus problemas... Espere três minutos. De repente, você vai ter que ouvir uma tonelada de problemas dos seus irmãos do grupo. Só que, em cada uma das cargas deles, aquele seu problema pessoal, muito sofrido e bem atual, passa a ficar ignorado por aqueles que se dizem “irmãos em Cristo”...

Segundo momento. Já que somos tão absolutamente “obedientes” no trecho das “pesadas cargas”, por que não somos igualmente obedientes naquela parte do “Eu lhes darei descanso”, garantida por Jesus? É elementar, meu irmão: nós deixamos de levar a sério o início do desafio do Cristo. Nós como que nos esquecemos do “venham a Mim”! E esquecer de depender de Cristo é a coisa de consequência mais pesada, para o cristão que já não aguenta mais suas próprias “cargas pesadas...”. Vai chegar um tempo, graças à misericórdia do Senhor, em que nossas cargas estarão tão assustadoramente pesadas, que nos lembraremos do cheiro dos porcos, da parábola do filho pródigo! Quando este tempo chega, o Espírito do Senhor nos lembra, carinhosamente, que temos um Pai que sempre nos amou. E que está lá, pertinho de nós, de braços abertos. Puxa vida: o que custa abrir nossos doloridos braços e nos jogarmos no colo do Senhor?