Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Tentação Não É provação  |  Pr. Olavo Feijó

Tiago 1:13 - ¶ Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.

Ser provado não é o mesmo que ser tentado. A provação vem de Deus – tentação, não. “Quando alguém for tentado, não diga: ‘esta tentação vem de Deus’. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal e Ele mesmo não tenta ninguém” (Tiago 1:13).

De onde vêm as tentações? Tiago resume: elas são baseadas nos nossos “maus desejos” (v.14). Isto é, elas nascem dos nossos desejos pessoais que não estão de acordo com a qualidade de vida que Jesus Cristo nos oferece. A expressão usada pelo apóstolo Paulo é “carne”: isto é, a “natureza humana” que não se harmoniza com a vontade divina (Romanos 8:5-8). Quem vive alimentando suas tentações deprime sua espiritualidade, cria conflitos interiores e endurece a própria consciência.

O fato de que as tentações também são alimentadas por Satanás e pelas pressões da maldade do mundo, não nos exime da responsabilidade individual. Para combater as tentações João recomenda: reconhecer nossas fraquezas e confessar a Deus os pecados frutos das tentações. Cristão que assume esta atitude é abençoado – ele obtém de Deus o perdão e a ajuda do Seu Espírito, que nos “limpará de toda maldade” (I João 1:8-10).