Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
As consequências De “Ser Rico”  |  Pr. Olavo Feijó

Tiago 1:11 - Porque sai o sol com ardor, e a erva seca, e a sua flor cai, e a formosa aparência do seu aspecto perece; assim se murchará também o rico em seus caminhos.

Aquele que espiritualmente dependente das riquezas mundanas não consegue bem-aventurança. “De mesmo modo, quem é rico será destruído nomeio dos seus negócios” (Tiago 1:11).

Para que alguns tenham demasiado, é preciso que muitos não tenham o suficiente. Mais ainda: o acúmulo de riquezas materiais determina, quase sempre, uma postura de fé nas riquezas. Quem acredita que os bens deste mundo constituem um documento de seguro contra todas as maldades, mais cedo ou mais tarde “será destruído no meio dos seus negócios”. Daí a simbologia bíblica, na qual os pobres sempre foram o alvo da graça divina.

Anos depois da pregação de Tiago, o apóstolo Paulo, escrevendo a Timóteo, nos exorta: “Pois o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males. E algumas pessoas, por quererem tanto ter dinheiro, se desviaram da fé e encheram sua vida de sofrimentos” (I Timóteo 6:10). Tiago e Paulo concordam: o objeto de nossa fé determina nossa saúde espiritual. Fé no Cristo é a garantia real do sustento físico e espiritual.