Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Deixa A Tua Terra  |  Pr. Olavo Feijó

Gênesis 12:1 - ¶ Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.

Abrão não sabia que, um dia, seu nome passaria a ser Abrahão, “pai de muitos povos”. Isto estava implícito, porém, quando o Senhor lhe ordenou: “Deixa a tua terra e a tua perentela e vai para a terra que Eu lhe tenho prometido”. (Gênesis 12:1).

Mais até do que hoje, na antiguidade bíblica a terra era um elemento essencial. Era o símbolo da própria divindade, o símbolo das tradições tribais, o símbolo da identidade pessoal. Pois foi tudo isso que Jeová exigiu de Abrão, quando lhe mandou deixar sua terra. A ordem do Senhor é equivalente ao engenheiro agrônomo que diz ao fazendeiro: tira todas as árvores da tua lavoura, para plantá-las em outro lugar. Mas tira sem nenhuma raiz...

O Senhor quer dar-nos coisas melhores. Ele quer cumprir suas promessas de qualidade de vida. Ele quer nosso amadurecimento. E nossas vitórias. Mas Ele quer, também, que aprendamos o significado de “pagar o preço”. A estratégia do Senhor, quando quer dar-nos o melhor, é pedir nosso pior. Pois não podemos habitar uma terra melhor, se nos recusamos a entregar-lhe a terra tradicional, a que estamos acostumados e à qual nos apegamos.

Ao instruir-nos “deixa a tua terra”, o Senhor ensina-nos a estratégia de que o bom, se não for abandonado, impede a existência do melhor. Se o Senhor mandar, não tenha dúvida, “deixa a tua terra”.