Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Jesus E A República  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 22:17 - Jesus, porém, conhecendo a sua malícia, disse: Por que me experimentais, hipócritas?

Os fariseus queriam ouvir de Jesus uma frase que O condenasse. Por isso, perguntaram a Ele: “Então o que o Senhor acha: é ou não é contra a nossa Lei pagar impostos ao imperador romano?” (Mateus 22:17).

A resposta do Mestre foi muito além do mero problema dos sentimentos de indignação, diante das injustiças sociais. O Império Romano exercia poderes absolutos sobre os povos conquistados. Jesus conviveu, desde Sua infância, com a revolta dos judeus contra o Imperador e seus soldados. Todavia, como Cristo, Ele quis nos ensinar que nenhuma autoridade política jamais existiu ou existe sem o beneplácito divino. Daí sua famosa resposta: “Daí a César o que é de César; e a Deus, o que é de Deus” (v. 21).

O termo “res publica” é do latim e significa a “coisa pública”. Com ou sem imperador, rei ou presidente, viver na “sociedade de direito” significa compreender a diferença entre a vida pública e a vida dos valores éticos pessoais. O cristão tem deveres para com sua consciência. Por isso mesmo, ele tem deveres para com a sociedade em que vive. Como cristãos, não devemos sonegar impostos. E, no mesmo contexto, não podemos sonegar nenhuma responsabilidade relativa ao bem público. A república é mais do que uma “declaração”. É uma recordação dos deveres cristãos para com a sociedade.