Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Jesus Choroso  |  Pr. Olavo Feijó

João 11:35 - Jesus chorou.

Uma das duas vezes que Jesus chorou foi diante da sepultura de Lázaro, seu grande amigo. João, o evangelista, assim o descreve, sumariamente: “Jesus chorou” (João 11:35).

Houve tempo, no início do movimento evangélico no Brasil, quando chorar em enterro de crente era considerado “mau testemunho”. O argumento dos líderes de então era: “por que chorar? Aquele que foi ‘promovido à glória’ já deixou este vale de lágrimas, parou de sofrer. Agora está com Jesus...”

Foi exatamente durante um funeral que Jesus chorou. Ao chorar, o Mestre deu “bom testemunho”, ensinando-nos a ser sensíveis, diante do sofrimento dos outros. Mas, não parando na lamentação e na tristeza, Jesus ressuscitou seu amigo Lázaro. Só Cristo pode nos capacitar a ver vida, através da morte. A transformar lágrimas de luto, em fé para continuar com Deus. Chorar faz bem – ele leva a sério o luto, a perda, a tristeza. Mas não deve impedir vivenciar o amor restaurador e consolador do Cristo ressuscitado.