Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Tudo O Que Tenho De Bom  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 16:2 - A minha alma disse ao SENHOR: Tu és o meu Senhor, a minha bondade não chega à tua presença,

O salmista assume uma atitude de submissão a Deus e afirma que nada é melhor do que depender do Senhor: “Eu disse a Deus, o Senhor: Tu és o meu Senhor; tudo o que tenho de bom vem de Ti.” (Salmo 16:2).

No tempo do salmista e rei Davi, o reino de Israel era cercado por povos idólatras, que atribuíam aos seus deuses, o poder e as bênçãos que possuíam. A teologia popular de então, acreditava que um povo somente vencia o outro se o seu deus fosse superior ao do vencido. À medida que Davi vencia seus inimigos e anexava seus territórios, a mensagem que se transmitia era: Jeová é maior do que todos os deuses. Por isso, para Davi não restava dúvida sobre a superioridade do Senhor Jeová, fonte de todo o bem.

Os ídolos contemporâneos se apresentam como concorrentes de Cristo, nosso Deus. Os cultuadores do materialismo não se cansam em nos mostrar os bens que recebem dos seus deuses. São bens concretos, atraentes, sedutores. O desafio que os cristãos enfrentam é o mesmo enfrentado por Davi. Nossa pergunta é a mesma: de quem deve vir o nosso bem? Aquilo que eu julgo ser bom vem do meu Senhor? Bendito o cristão que conclui: “tudo o que tenho de bom vem de Ti”.