Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Confiança E Privacidade  |  Pr. Olavo Feijó

Provérbios 25:10 - Para que não te desonre o que o ouvir, e a tua infâmia não se aparte de ti.

Guardar uma informação recebida em confiança denota maturidade social. Diz Salomão: “Do contrário todos ficarão sabendo que você não consegue guardar segredos e você nunca mais e livrará desta vergonha.” (Provérbios 25:10).

Viver bem em sociedade exige confiança mútua. Trabalhar em cooperação requer maturidade de relacionamento e privacidade. Quando este fundamento não é respeitado, as informações pessoais passam a ser instrumento de exploração indevida. Quando uma pessoa me conta um segredo seu é porque ela me dá valor e acreditar no meu bom senso, ao conversar sobre o assunto. Por isso, revelar um segredo significa dizer para os outros que eu, realmente, não sou digno de confiança e de respeito.

Durante a maior parte do Seu ministério, Jesus só falava claramente aos doze apóstolos, em quem confiava. Ao grande povo, pregava em forma de parábolas. É importante aprender esta lição do Senhor: as coisas espiritualmente mais importantes exigem privacidade com Deus e com nossos irmãos. Viver a comunidade cristã exige abertura de coração, confiança mútua e respeito à privacidade. Quando um irmão ou irmã me confessa um pecado, a Bíblia me diz para “orar por ele”. Espalhar seu segredo será uma falta de respeito e de compaixão. confiança e privacidade é “levar as cargas uns dos outros”.