Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Jornada nos Salmos - Justiça e Amor (Sl 7)  |  Pastor Sérgio Fernandes

Salmos 7:11 - Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias.

Quando estamos explanando algum assunto, é comum utilizarmos a expressão “a outra face da moeda”, verificando que uma mesma situação possui dois pontos de observação. Foi esta a resposta que encontrei ao me deparar com este versículo tão maravilhoso da Palavra de Deus. Nele, lemos que “Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias”. O Deus amoroso que Jesus nos apresentou é o mesmo Deus do Antigo Testamento. Ele é amor, mas também está irado. Como conciliar estas duas verdades?

A melhor explicação que encontrei foi dada por um de meus autores favoritos, Max Lucado, em seu livro “Nas Garras da Graça”. No pensamento do autor, Deus nos ama, mas odeia aquilo que nos tornamos quando o desobedecemos. Sendo o pecado um poder de autodestruição, Deus odeia ver o mal destruindo a vida daqueles que Ele criou com amor. Um pai jamais ficaria contente vendo seus filhos se perderem. É por isso que Deus, o Nosso Pai amoroso, está irado com a humanidade: ele não suporta ver o que o pecado está fazendo conosco. E foi por isso mesmo que Ele deu a nós Sua maior prova de amor, enviando Jesus para sofrer a punição por nossos pecados, dando-nos a oportunidade de recebermos o perdão dos pecados e a salvação.

A salvação não é uma brincadeira de cara e coroa; ela é real, e pode ser alcançada quando entendemos a justiça de Deus e seu amor, todos estes revelados na Pessoa bendita de Jesus. Deus te abençoe!