Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Os maus, A Justiça Divina, Os Bons  |  Pr. Olavo Feijó

Eclesiastes 8:12 - Ainda que o pecador faça o mal cem vezes, e os dias se lhe prolonguem, contudo eu sei com certeza, que bem sucede aos que temem a Deus, aos que temem diante dele.

O tema da “prosperidade” dos iníquos é focalizada inúmeras vezes, especialmente nos livros poéticos da Bíblia. A conclusão dos seus autores, porém, sempre concorda com o contexto do ensino bíblico: “Ainda que o pecador faça o mal cem vezes e os dias se lhe prolonguem, sei com certeza que bem sucede aos que temem a Deus, aos que são reverentes diante Dele.” (Eclesiastes 8:12).

O denominador é comum e constante. As instituições criadas pelos homens, com a permissão do Senhor, prosperam com a impiedade. Quanto a elas, a Bíblia declara duas coisas. Primeiro, o Senhor as permite com um objetivo mais alto, que tem a ver com o aperfeiçoamento da espiritualidade humana. Segunda: o Senhor estabeleceu um prazo final, quando a vitória dos desígnios divinos será definitiva.

Nosso grande problema, como seguidores do Senhor, reside na questão dos prazos. Nossa paciência é muito limitada. Nosso mal estar com as injustiças da terra a sempre nos machuca. O remédio é levar a sério nossas experiências construtivas com Deus. É essencial nunca esquecer aquelas situações tensas quando, no último momento, aconteceu a intervenção divina e tivemos Sua vitória. É essencial repetir, dentro de nós mesmos, que as promessas divinas de livramento e de bênção têm-se realizado, através dos séculos. Foi com esta atitude que o autor de Eclesiastes afirmou: “sei com certeza...”