Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O Prazer Do Senhor É A Vida  |  Pr. Olavo Feijó

Ezequiel 33:11 - Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?

Ezequiel vivia na Babilônia, com os judeus exilados. Mesmo relembrando aos seus compatriotas as causas do seu castigo, o profeta pregou a restauração prometida por Jeová. “Diga-lhes que juro pela Minha vida que Eu, o Senhor Deus, não me alegro com a morte de um pecador.” (Ezequiel 33:11).

A visão do Senhor, como um Deus vingativo e rancoroso é desmentida por Ezequiel e pelo contexto da Bíblia. Ela é conveniente, entretanto, para os líderes religiosos que são motivados pelo poder. Porque, se o Senhor não tolera a desobediência e o desrespeito, então os representantes deste Deus devem ser obedecidos e servidos cegamente.

Ainda hoje, quem se preocupa em pesquisar o contexto bíblico sobre pecado e restauração, finalmente descobre que o Senhor nos disciplina visando nossa saúde espiritual. Neste sentido, a palavra final foi dita por Jesus Cristo: “Eu vim para dar vida e vida em abundância”. Reconhecer os próprios pecados é um diagnóstico para a vida, para a cura da alma. Viver em comunhão obediente com Deus alegra nossa vida e alegra nosso Senhor.