Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Remorso Ou Arrependimento?  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 27:4 - Dizendo: Pequei, traindo o sangue inocente. Eles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é contigo.

Diz o Evangelho de João que quando Judas, o traidor, soube que Jesus fora condenado à morte, encheu-se de remorso e disse: “Eu pequei, entregando à morte um homem inocente” (Mateus 27:4). Não aguentando o peso da sua culpa, enforcou-se!

Judas era um homem prático, que odiava a dominação dos romanos. Ao ver o poder e a autoridade e Jesus, achou qu Ele poderia ser o líder da restauração do povo israelense. Quando, finalmente, se deu conta de que o Mestre não tinha planos políticos, juntou frustração comm ira e entregou Jesus às autoridades religiosas que O odiavam. Seu objetivo, porém, não era a morte do Mestre. Caiu e si e não aguentou o tamanho da sua culpa. A culpa encheu sua consciência de remorso. Aí, muito à sua maneira pragmática e humana, achou que devolvendo o dinheiro ganho resolveria a injustiça cometida. Quando se enforcou, demonstrou desprezo à justiça divina, que Jesus tentara ensinar-lhe.

Arrependimento nada tem de remorso. É a atitude daquele que reconhece seus erros humanos. E que, ao invés de tentar resolver suas indignidades por conta própria, assume humildade e se submete à misericórdia divina. E à justiça divina. E ao perdão divino. Exatamente como fez Pedro, o traidor. Arrependimento é o sinal de alerta, mandado pelo Espírito de Cristo, mostrando-nos como continuar no Caminho. Vida cristã não se desenvolve à custa de remorso. Mas de arrependimento.