Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Gratidão Pela Fé Dos Irmãos  |  Pr. Olavo Feijó

1 Tessalonicenses 3:9 - Porque, que ação de graças poderemos dar a Deus por vós, por todo o gozo com que nos regozijamos por vossa causa diante do nosso Deus,

Voltando de sua estada em Tessalônica, Timóteo dá um lindo relatório a Paulo. A fé e a conduta dos tessalonicenses levam o apóstolo a uma atitude de profunda gratidão: “Como podemos ser suficientemente gratos a Deus por vocês, por toda a alegria que temos diante Dele por causa de vocês?” (I Tessalonicenses 3:9).

Vários relatos dos Evangelhos nos dizem da satisfação de Jesus, quando encontrou fé nas pessoas. No caso do centurião em Cafarnaum, por exemplo, Mateus escreveu que “Jesus admirou-se” da confiança irrestrita daquele soldado. A vivência da fé é o resultado da obra do Espírito Santo em nossa alma. A fé é a nossa resposta ao amor de Deus, em Cristo. Esta resposta é tão importante que “aos que creram no Seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus”!

A fé dos nossos irmãos deve ser motivo de gratidão ao Senhor. Cada vez que constatamos a fé vivida por alguém, testemunhamos o poder a graça divina. Agradecer a Deus por esta fé significa o reconhecimento que fazemos do senhorio de Cristo e, nossa vida. Cada irmão na fé é mais um companheiro que teremos no “novo céu e na nova terra”. Mas, acima de tudo, é a manifestação do Reino de Deus, que se estabelece entre nós, nesta “velha” terra. Não é verdade que somente nós não dobramos nossos joelhos a Baal. Alegremo-nos pela multidão dos “verdadeiros adoradores” que convivem conosco.