Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Voltem Para Mim  |  Pr. Olavo Feijó

Zacarias 1:3 - Portanto dize-lhes: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Tornai-vos para mim, diz o SENHOR dos Exércitos, e eu me tornarei para vós, diz o SENHOR dos Exércitos.

O objetivo do Senhor, ao permitir ao Seu povo ficar em cativeiro por setenta anos, foi criar experiências profundas, capazes de ensinar o valor da fidelidade a Deus. Foi neste cotexto que Ele falou através do profeta Zacarias: “Voltem para Mim e Eu me voltarei para vocês, diz o Senhor dos Exércitos.” (Zacarias 1:3).

Há uma interpretação dada a este texto que não tem apoio no ensino total da Bíblia. Não é verdade que o Senhor “dependa” de nós humanos para fazer cumprir a Sua vontade. As Escrituras dizem que Ele nos amou “quando éramos ainda pecadores”. E que Ele deu Seu Filho ao mundo não pelos méritos do mundo, mas pelo poder do Seu amor. O Senhor está sempre disponível para nós, por causa da postura soberana da Sua vontade.

Qual é a vantagem, então, de nos “voltarmos” para o Senhor? Voltarmo-nos para Deus significa, basicamente, cultivar um coração aberto e uma mente abeta para a ação do Espírito do Cristo. O “pão da vida” é o mesmo, a partir Dele próprio: alguns, entretanto, se alimentam mais e melhor daquilo que o Senhor oferece – eles são os que “se voltam para Deus”. Há cristãos, porém, que não se beneficiam da disponibilidade do Senhor. Por causa da Sua misericórdia, a estes cristãos o Senhor permite a disciplina das “provações”, cujo objetivo é nos ensinar que “a porta estreita” é a única que nos levará à vida. Por isso, Tiago diz que devemos “dar graças a Deus, quando passarmos por muitas provações”. Elas existem para nos voltarmos para Ele.