Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Lobos Devoradores  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 7:15 - ¶ Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.

Quase no final do Sermão do Monte, Jesus se propõe a nos ensinar diferenças sutis entre vida espiritualmente saudável e comportamento religioso superficial: “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores” (Mateus 7:15).

Na história da Revelação Bíblica, um dos instrumentos fortemente usados pelo Senhor foi o dos profetas. Eles não eram ministros religiosos profissionais, como os sacerdotes. Os profetas eram cidadãos comuns, que viviam da própria profissão e que cultivavam uma vida de saudável comunhão com o Senhor. Por isso, eles eram sensíveis aos problemas e necessidades dos conterrâneos. O Senhor chamava um profeta exatamente por todas essas características e a fidelidade com que eles anunciaram ao povo as soluções divinas para as necessidades deles.

Da mesma maneira como acontece hoje, desde os tempos antigos, indivíduos inescrupulosos se propuseram a usar em benefício próprio a postura profética. Não tinham a vivência interior da dependência de Deus, diante das mazelas do povo. Queriam os privilégios da posição, mas não queriam pagar o preço da submissão. A palavra de alerta, declarada por Jesus, deve ser nosso guia, na atualidade. Não basta a a retórica marketeira dos “apóstolos” e “bispos” das megaigrejas e catedrais. A pele de ovelha não consegue esconder o mau cheiro dos demagogos “gospel”. É o cheiro típico dos lobos vorazes, que se locupletam da gordura das suas ovelhas. Levemos Jesus a sério - “cuidado com os falsos profetas”.