Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Matas Ciliares  |  Pr. Olavo Feijó

Êxodo 1:3 - Issacar, Zebulom, e Benjamim;

O Salmo 1 é a carteira de identidade do cristão. Ele descreve a vida saudável e produtiva daquele que se alimenta das Escrituras. E que, por isso, lança as suas raízes em riachos borbulhantes de água pura (Salmo 1:3).

Uma das grandes contravenções ecológicas é a destruição das árvores plantadas nas margens das correntes de água: as matas ciliares. Sem as árvores marginais eventualmente os rios vão secando e acabam por morrer.

Pois é isso que vem acontecendo com nosso mundo. Porque os cristãos vão se afastando cada vez mais das fontes bíblicas da vida, o mundo vai perdendo, cada vez mais, a oportunidade de beber dos rios de águas vivas. É o crime espiritual das matas ciliares.

O “justo”, diz o primeiro Salmo, deve ser como árvore “plantada” nos ribeiros bíblicos de águas. Alimenta-se a si mesmo e propicia vida àqueles que dependem dos ribeiros.

Vale à pena fazer um levantamento sobre o sítio onde estamos lançando nossas raízes. De onde estamos recebendo os nutrientes de nossa vida de filhos do Senhor. Fomos chamados, ecologicamente, para fortalecermos as matas ciliares do Reino.