Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Alegria do Senhor É Força  |  Pr. Olavo Feijó

Neemias 8:10 - Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos entristeçais; porque a alegria do SENHOR é a vossa força.

Após reencontrar o significado da Lei e se dar conta da necessidade da obediência, o povo judaico se debulha em choro. Foi aí que o governador Neemias e Esdras, “sacerdote e mestre da Lei, apelaram para uma postura espiritualmente saudável. Eles disseram: “A alegria que o Senhor dá fará com que vocês fiquem fortes”. (Neemias 8:10).

Faz sentido chorar por causa dos nossos pecados. Diante da infinita graça divina e o tamanho incompreensível de nossa desobediência, faz sentido chorar. Não somente chorar, mas cair em desânimo e insistir em perguntar: “será que algum dia teremos jeito?”; “será que, como a corça, algum dia clamaremos pelas correntes das águas, da água que Cristo oferece?”; “quando nossas lágrimas de remorso se transformarão em lágrimas de arrependimento?”.

Se é que aprendemos de Neemias e Esdras, não devemos ficar estacionados no choro de nossas desobediências. O objetivo da reprimenda bíblica é a abertura do nosso coração. É o desafio do Espírito, querendo que aceitemos a coragem que o Senhor nos dá. Coragem para nos submetermos à alegria da ressurreição. O objetivo de carregar cada dia a nossa cruz é vivenciar, antecipadamente, a vitória sobre o pecado e a morte. Vitória que Cristo nos concede e que, sempre nos enche da “alegria que o Senhor dá”. A alegria de Cristo Jesus nos revigora e faz com que fiquemos fortes, apesar de vivermos em um vale de lágrimas”.