Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Setenta Anos de Cativeiro  |  Pr. Olavo Feijó

Jeremias 25:11 - E toda esta terra virá a ser um deserto e um espanto; e estas nações servirão ao rei de babilônia setenta anos.

Os setenta anos que os israelitas sofreram no cativeiro babilônico não foram um evento fortuito. Os setenta anos estavam nos planos eternos do Senhor, segundo a profecia de Jeremias: “Toda esta terra se tornará uma ruína desolada e essas nações estarão sujeitas ao rei da Babilônia durante setenta anos” (Jeremias 25:11).

Dadas as nossas limitações, nunca conseguimos compreender a eternidade. Todavia, tão pouco entendemos nós do tempo. Apesar disso, agimos como se o tempo nos pertencesse, como se tivéssemos o poder de controlar o tempo. Às vezes, agimos como se todo o tempo do mundo obedecesse aos nossos caprichos.

Deus é Senhor da eternidade e, portanto, é Senhor do tempo. Do tempo do mundo. Do nosso tempo individual. Senhor do agora. Senhor do anteontem. Senhor do amanhã. Por isso, quando o Senhor estabeleceu o número setenta para a duração do cativeiro, houve razões para Sua decisão. O tempo de nossa vida foi estabelecido pelo Senhor. Como também é decisão Dele o tempo de duração de nosso aprendizado, de nossa disciplina, de nossa restauração. O Senhor estabeleceu o tempo de nossa libertação e de nossa vitória. Setenta anos pertencem ao tempo. Nossa vitória, dada por Deus, pertence à eternidade.