Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Crer em Jesus e Amar aos Irmãos  |  Pr. Olavo Feijó

1 João 3:23 - ¶ E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento.

Tentar reduzir a vida cristã a uma frase é temerário. Às vezes, entretanto, certas sínteses bíblicas chamam a nossa atenção: “O Seu mandamento é este: que creiamos no nome de Seu Filho Jesus Cristo e nos amemos uns aos outros, segundo o Seu mandamento” (I João 3:23).

A síntese da vida cristã é “crer” e “amar”. É na desobediência deste binômio que se encontra a raiz da maioria dos nossos problemas. Não amamos, porque não cremos. Não cremos, porque não amamos. Em função disso, nossas práticas de comunhão com Cristo são rarefeitas e superficiais. E, como consequência, nosso relacionamento com os outros cristãos é empobrecido e problemático.

O resumo proposto por João faz todo o sentido. O início de tudo deve começar, sem dúvida nenhuma, no crer que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus. Esta fé é inegociável. Ela não admite outros senhorios, ainda que o sejam de segunda classe. Nas palavras de Jesus: “Não podeis servir a dois senhores”. Quando tentamos praticar uma dupla fidelidade, não leva muito tempo para descobrirmos que saímos perdendo. Dentre as perdas que sofremos, uma das primeiras é o enfraquecimento do amor aos irmãos. Amar aos irmãos é como a prática da musculação espiritual. Amar aos irmãos é a prova visível da realidade invisível de nossa fé em Cristo. O binômio, então, é este: crer em Jesus e amar aos irmãos.