Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
A Marca de Caim  |  Pr. Olavo Feijó

Gênesis 4:15 - O SENHOR, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.

O lugar para onde fugiu Caim da presença do Senhor ficou conhecido como a “terra de Node” ou a “terra do fugitivo”, “a terra do exilado”. Antes de sair do Éden, porém, o Senhor provou Sua incompreensível misericórdia, colocando uma marca em Caim: “E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse” (Gênesis 4:15).

O peso sobre o coração de Caim foi remorso. De repente, toda a sua maldade caiu sobre ele, como uma onda impetuosa, tirando o fôlego, ameaçando de morte. O remorso não é um sentimento construtivo. Ele é um inimigo interior, que sabe somente acusar, exagerar, consumir. Porque Caim foi possuído por remorso, para onde quer que fosse sempre seria a Terra de Node, do exilado de Deus, do fugitivo de si mesmo.

O Senhor, por causa da Sua misericórdia, “pôs um sinal em Caim”. Foi um lembrete, em letras de fogo, dizendo a Caim que ele deveria transformar seu remorso e enfrentar o sentimento ético da culpa. A culpa saudável não procura fazer justiça com as próprias mãos. Como Judas fez. A culpa, quando entregue ao Senhor, conduz ao arrependimento, ao pedido de perdão, à aceitação da nova vida no Senhor. Em Cristo, todos recebemos a marca de Caim. Para crescermos espiritualmente pelo perdão do Senhor.