Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Meus Lábios Impuros  |  Pr. Olavo Feijó

Isaías 6:5 - ¶ Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.

O rei Uzias tinha sido um monarca obediente à Lei do Senhor. Isaías, que vivia na corte, sofreu um grande abalo, quando o rei morreu. Por isso, ele foi procurar consolo, no templo. Em lá chegando, ficou impactado com a glória e o poder da presença divina. Aí, ao olhar para si mesmo, concluiu: “Então eu disse – Ai de mim que vou perecendo! Porque eu sou um homem de lábios impuros...” (Isaías 6:5).

Só percebemos o baixo, quando o comparamos com o alto. Sem o contraste do bem, não ficamos sabendo do mal. Nós, como cristãos, precisamos da referência que é estar “em Cristo”. Se vivemos no mundo e só nos cercamos das práticas mundanas, desenvolvemos lábios impuros e corações impuros. Sem nem sequer nos darmos conta.

É essencial desenvolver o hábito de nos compararmos com as medidas do Cristo. As medidas do Seu perdão, da Sua misericórdia, do Seu poder, do Seu amor. Quando o fazemos, o resultado é sempre percebermos o quanto somos necessitados da santidade do Senhor. O objetivo de ver meus lábios impuros é permitir a limpeza que me vem da brasa viva do Senhor.