Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Se é de Jesus, O Vinho é Bom  |  Pr. Olavo Feijó

João 2:10 - E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.

Jesus e Seus discípulos foram convidados para uma festa de casamento. Faltou vinho! A pedido de Maria, Sua mãe, Jesus transformou água em vinho e salvou a honra do dono da festa. Quando o vinho produzido por Jesus, a surpresa foi completa: “... o Senhor guardou o melhor vinho para o fim!” (João 2:10).

Quem gosta de ser melhor do que o rei e faz questão de condenar veemente os pecadores, enfrenta um problema muito sério com a bebedeira narrada por João. E, mais ainda, com o “mau testemunho do Senhor Jesus”. Diante da atitude do Mestre, os pregadores rigorosos contra o pecado se sentem com o tapete puxado de debaixo dos seus pés.

Jesus Cristo deixou isto bem claro: Ele não veio ao mundo para fazer sermões contra listas de pecados. Listas, muitas deles, escritas por chefes religiosos que, denunciou o Mestre, nem eles mesmos levam a sério. O assunto básico do Cristo não é, exatamente, “pecados”. A ênfase da pregação de Jesus é “o” pecado: o pecado de rejeitar o amor salvador de Deus. Foi por isso que Ele chorou, contemplando o povo de Jerusalém, que O estava rejeitando e que iria mata-lo: “Eu quis proteger-te como a galinha faz com seus pintinhos, mas tu o rejeitaste”. O negócio é simples: o essencial é beber, conscientemente, o “sangue de Cristo” – se o fizermos, vinho, ou não vinho, não tem importância.