Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Uma Agulha Missionária  |  Pr. Olavo Feijó

Atos dos Apóstolos 9:39 - E, levantando-se Pedro, foi com eles; e quando chegou o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando as túnicas e roupas que Dorcas fizera quando estava com elas.

Uma cristã da cidade de Jope havia falecido. Os outros discípulos mandaram uma mensagem ao Apóstolo Pedro, pedindo a presença dele no funeral. Quando Pedro chegou, “a sala se encontrava cheia de viúvas que choravam e mostravam umas às outras os casacos e outras roupas que Dorcas tinha feito para elas” (Atos 9:39).

Dorcas foi uma agulha consagrada ao Senhor. As costuras que fez por amor, ajudando as irmãs necessitadas, davam testemunho dela, mesmo após sua morte. Quando Pedro chegou, as lágrimas e as lamentações preenchiam o ambiente. O Apóstolo se ajoelhou, orou e disse duas palavras: “Levante-se, Dorcas.” A resposta foi imediata: Dorcas voltou à vida e ao regozijo da sua obra missionária.

A Bíblia não limita o conceito de vocação apenas ao serviço de pastor, ou de ministro de música, ou de ministro de educação. O Senhor estende Seu chamado a todas as profissões. O Senhor não quer detalhes sobre o nosso ofício – o que Ele quer saber é da natureza dos valores espirituais que nos motivam. Ao restringir a vocação divina a apenas algumas atividades eclesiásticas, ao fazer isto somos culpados de tentar limitar o poder do Espírito. O Senhor escolheu como Seus profetas desde um palaciano chamado Isaías, até um boiadeiro chamado Amós. Se somos sensíveis às orientações do Senhor, nosso lugar de profissão se transforma em campo missionário. Que o digam as amigas de Dorcas e sua agulha missionária.