Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O Descanso da Terra  |  Pr. Olavo Feijó

Êxodo 23:11 - Mas ao sétimo a dispensarás e deixarás descansar, para que possam comer os pobres do teu povo, e da sobra comam os animais do campo. Assim farás com a tua vinha e com o teu olival.

A ideia de descansar um dia por semana veio da ordem divina, dada a Moisés no livro do Exodo. O conceito de alternar trabalho e recuperação pelo descanso foi estendido também ao solo: após seis anos de colheita, a terra deveria descansar durante todo o sétimo ano: "Mas ao sétimo a soltarás e deixarás descansar..." Exodo 23:11).

Foi somente milênios depois, que a ciência da agronomia "descobriu" a importância ecológica do descanso e da recuperação do solo. Como sempre, cientista nenhum deu crédito à Bíblia, reconhecendo que ela está muitos séculos à frente das ciências.

O Senhor nos criou, estabelecendo em nós e na natureza um sistema de alta precisão: a nanotecnologia contemporânea está começando a detectar a sofisticação do mundo. A alternância trabalho/descanso faz parte da estrutura do sistema. Olhando neste contexto, entendemos porque Salomão escreveu que "há tempo de abraçar e tempo de parar de abraçar". O Senhor entende a nossa incapacidade de permanecer, durante todo o tempo, em um nível superior de santidade. O contraste entre níveis e estados sempre nos ensina e nos restaura. Pedro quis permanecer no monte da transfiguração e Jesus não permitiu. A única coisa que deve permanecer é a nossa comunhão com o Senhor: no trabalho ou no descanso.