Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Santificação em Cristo  |  Pr. Olavo Feijó

Hebreus 2:11 - Porque, assim o que santifica, como os que são santificados, são todos de um; por cuja causa não se envergonha de lhes chamar irmãos,

Ao descrever a missão do Filho de Deus, no processo total da criação, o Autor da Carta aos Hebreus enfatiza a derrota da morte e o poder regenerador de Jesus Cristo: “Ora, tanto O que santifica quanto os que são santificadas provêm de um só. Por isso, Jesus não se envergonha de chamá-los irmãos” (Hebreus 2:11).

Mesmo tentando entender o objetivo final da obra do Criador, a verdade é que a verdade bíblica é grande demais para nosso entendimento. Há coisas, porém, que recebem ênfases nas Escrituras. Uma delas nos afirma que o Senhor escolheu um número ideal de criaturas humanas para se tornarem Seus filhos. Filhos por adoção. Diz também que o processo da adoção passa pela obra do Cristo, que se encarnou e, ao fazê-lo, abriu o caminho para a santificação e a glorificação final dos escolhidos.

Existem muitas razões para nos envergonharmos, em nossa vida cristã. Existe, porém, uma só razão para exultarmos – a obra de Jesus Cristo em nossa personalidade. Quando, pela fé, aceitamos a ressurreição em nossa vida, o ministério de Cristo, o Filho Unigênito, se torna consumado em nós. Porque Ele nos santifica, somos filhos. Porque somos filhos, Ele nos glorificará.