Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Luz para as minhas trevas  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 18:28 - Porque tu acenderás a minha candeia; o SENHOR meu Deus iluminará as minhas trevas.

Depois que o Senhor o livrou de todos os seus inimigos, Davi se sentiu libertado da sua vivência de trevas: “Porque Tu acenderás a minha lâmpada. O Senhor meu Deus alumiará as minhas trevas” (Salmo 18:28).

Quando as coisas não vão bem e as pessoas nos ameaçam, tudo ao redor é escuridão. Olhando para o final do túnel, nem sequer uma luzinha aparece... A maldade e a injustiça afetam as luzes de nossa percepção e de nossa compreensão. Nada pior do que tatear nas trevas.

Da mesma maneira que as trevas ficaram ligadas com mal-estar, a luminosidade se relaciona com a esperança e os caminhos possíveis. À medida que seus inimigos foram eliminados, o rei Davi foi tendo melhor perspectiva de sua vida e foi compreendendo que a fonte de sua reabilitação reside na luz divina. A luz que o cristão possui para poder iluminar o mundo é, essencialmente, um reflexo da luz divina brilhando em sua alma. Nossa luz pode até ficar enfraquecida e bruxoleante. Entretanto, sempre temos a oportunidade de ter nossa tomada interior religada com a energia do Senhor. O Senhor é nossa perene usina de energia luminosa. Quando cultivamos nossa ligação com Ele, temos luz para as nossas trevas.