Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Deus não poupou Seu Filho  |  Pr. Olavo Feijó

Romanos 8:32 - Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?

A realidade da graça divina encantou o Apóstolo Paulo. Acima de tudo, porque a comprovação da graça é a entrega de Jesus: “Aquele que nem mesmo a Seu próprio Filho poupou, antes O entregou por todos nós, como não nos dará com Ele todas as coisas?” (Romanos 8:32).

Assim como nós, antes da aceitação do revolucionário amor de Jesus, Paulo acreditava que o jeito de ganhar a vida eterna era praticar atos religiosos. Existem alguns movimentos, que se dizem cristãos, que voltaram a pregar a religião das oferendas e dos sacrifícios, colocando um peso enorme sobre os ombros dos seus seguidores.

Paulo aprendeu que a graça de Deus, através de Jesus o Cristo, resolve todas as nossas necessidades de “filhos adotivos” do Senhor. Sua lógica é simples: se a coisa mais importante, Seu Filho Unigênito, Deus nos entregou, faz sentido achar que a Sua graça não nos dará também emprego, saúde, justiça, relacionamentos saudáveis e o que mais seja? É evidente que Ele dará Sempre, porém, por causa do Seu eterno amor por nós! Foi isso que o Salmista escreveu: porque “o Senhor é meu pastor, nada nos faltará”. Afinal de contas, Ele não poupou nem Seu próprio Filho.